Loading...

Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

THE MOST EPIC "PANTS ON THE GROUND" REMIX



"hahaha ... Eu sei que sou meio atrasado com isso no ano youtuber mas eu ainda queria fazer uma. Esta é provavelmente a música mais ridícula que eu já escrevi. a mistura é super grosseira, e perdoa o canto autotune horrenda .. i bagunça também um par de vezes, mas ele eff LOL .. Eu era apenas havin algum divertimento e queria chegar até este ASAP!
Comprar um amor , Paz, Skeet, Queijo Hoodie"!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Bocão e Shandão no Sax Shake



Programa de TV
channel: multishow
produced by: Apavoramento S.S
Art edition: LucasN
Edition completed by: Guiga Gainsbourg
direction by: JonhWoo

Clip_Calma_Aori



Clip_Calma_Aori /programa Sex Shake
Directed by: Jonhwoo / Rabú Gonzales
Art and edited: LucasN

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Maomé x Essiele

Parteum - Raciocínio Quebrado




Clip Do Rapper Parte Um, Tambem Integrante Do Grupo Mzuri Sana, O Video E De Seu 1º Trabalho Solo "Raciocínio Quebrado" Lançado Pela Trama.

Racionais MC's VS 50cent



Base usada - Racionais MC's
1 Por amor 2 Por dinheiro

50 cent - Acapella
Get up

Download:
http://www.4shared.com/audio/KJ67RNN1...

domingo, 22 de agosto de 2010

Direto do Vilage Pavuna

Aos 15 anos de idade, Essiele é um dos mais promissores MCs da nova safra carioca. Nascido e criado no Rio de Janeiro, além de compor, vem se aperfeiçoando na produção musical, divulgando seu próprio trabalho de maneira independente. Envolveu-se com a música aos 14 anos e, rapidamente, começou a se destacar nas batalhas de improviso. Acaba de lançar, pela internet, dois singles: “Eu vou voltar” e “Além do mar”. Em menos de uma semana, as duas músicas computaram quase 3.000 audições no MySpace.

Racionais Mc´s em Madureira


RACIONAIS MC's - 04/Setembro no VIADUTO

Galera, já estão à venda os ingressos
para o Show do Racionais, dia 04 de Setembro de 2010
que vai rolar no nosso querido Dutão.

Primeiro Lote - R$ 15,00

Pontos de Venda:


Viaduto de Madureira - aos sábados no baile
Loja D'Negro - Madureira
Loja do Rato - Uruguaiana
Palácio Show - Madureira

MV Bill & Malhação

De favelado perseguido, acusado de fazer apologia ao crime, a respeitado formador de opinião, MV Bill já foi chamado de muita coisa. Agora, atende também por ator de ‘Malhação’, mas atuou na vida como flanelinha e carregador de bolsa de madame, experimentou maconha, foi virgem até os 21 anos e, hoje, sua maior extravagância é almoçar e jantar em casa, com a mesa posta, em plena Cidade de Deus: ‘O dinheiro me proporcionou ter dignidade’

"Mais um guerreiro do Rio de Janeiro buscando alternativa pra sair do coma brasileiro/ Considerado louco por ser realista, maluco e não me iludo com vidinha de artista (...) Televisão, ilusão tudo igual(...) O que você vai fazer agora pra mudar a regra?”. A letra faz parte do rap “A voz dos excluídos”, escrito por um futuro ator de “Malhação”. Algo parece estar fora da ordem? Não para MV Bill. O rapper e escritor, de 36 anos, nascido, criado, marginalizado, respeitado e reverenciado em sua Cidade de Deus, decidiu mudar a tal regra musicada e colocar a mídia a serviço de sua crítica social. Alguns podem até gritar em forma de protesto que “o cara entrou no esquema, mais um vendido pro sistema”. O que Alex Pereira Barbosa, o nome de batismo por trás do cantor de hip hop, considera fora de moda.


— Ao aceitar o convite, pensei que pudesse estar ajudando a modificar um formato do qual sempre discordei. Sempre critiquei as novelas, mas também me coloquei aberto a dialogar. Vi que havia uma disposição da Globo para mudar as coisas, estar mais próximo das pessoas que vivem no meu mundo. Não participar de algo que sempre quis mudar seria uma contradição — justifica MV Bill, que na novelinha adolescente será Antônio, um professor de matemática flexível com os alunos e linha duríssima com a filha Júlia (Dandara de Morais), num contexto em que se falará sobre periferia, romance interracial e bolsas estudantis.

Com Dandara, que fará sua filha em "Malhação"

MV Bill ainda não começou a gravar a nova temporada, que estreia amanhã, mas atuar não mete medo. É diretor e ator de seus próprios clipes, já fez cinema (“Sonhos roubados”, de Sandra Werneck), e está curioso. Afinal, quer conhecer o homem para o qual vai emprestar o corpanzil de 1,95m. É na Cidade de Deus que ele dá suas entrevistas, reside, escreve suas músicas e circula. E também tira fotos e dá autógrafos. Muitos.

_ Deveria ser normal me verem aqui, né? Por isso fico tão sem graça de fazer fotos aqui na rua. É uma coisa estranha isso, porque... pô, é a Cidade de Deus! — surpreende-se o cantor, que sabe que o assédio só tende a aumentar: — Até hoje sempre foi tranquilo, nada que fugisse ao respeito ou ao controle.

sábado, 21 de agosto de 2010

Romances dedicados a maconha



How Low (Brazil)


Bruno Oliveira vulgo Bgame começou a ouvir seus primeiros raps ao ter contato com o basquete, os anos passaram e o atleta virou poeta, o interesse despertado pelas batidas envolventes e a poesia rimada o levou pro mundo da musica de uma vez só, e sem voltas, pois foi paixão a primeira vista.

Dois anos escrevendo e adquirindo experiência foram o bastante para Bgame entrar em estúdio e gravar seu primeiro EP, esse disco compacto contou com a produção de alguns amigos de caminhada, que ajudaram Bgame a fincar suas primeiras raízes no cenário do Hip Hop brasileiro. A internet como grande aliada do MC, levou pros ouvido de muitas pessoas musicas que ficaram conhecidas não só pelas letras, mais pela forma como foi apresentado, de forma totalmente independente, a divulgação tornou o EP ‘Quem Diria’ o primeiro passo de Bgame na trilha do rap nacional.

Sentindo a necessidade de aprender ainda mais, o rapper começou seus estudos de teclado, queria não só escrever, mais também produzir. Após um ano de divulgação do EP, e de muito estudo musical, o primeiro CD solo do agora rapper-beatmaker estaria nas ruas, marcando o rápido amadurecimento do menino de apenas 17 anos, não só nas letras com abordagem singular,devido a capacidade de garoto de interpretar tudo ao seu redor, mais também nas produções, a musicalidade estava ainda mais presente no seu trabalho, e mostrava novas facetas do MC, que traz na temática do disco ‘Antes do Solo’ o hip hop positivo, letras de astral elevado, que mesmo quando critica, traz uma ponta de esperança para quem escuta.

Dois anos de caminhada musical levaram Bgame a aprender muita coisa, o ‘Do It Yourself’ se encaixa perfeitamente ao espírito do musico, que fez sua própria assessoria, despertando o interesse dos principais meios de comunicação de sua região, e dos principais blogs de Hip Hop do Brasil, além de escrever e atualizar constantemente para o blog da DOC (especializado em Hip Hop Internacional e Nacional).

Quando pensamos em muitas palavras e frases de efeito para definir o trabalho desse jovem MC, perdemos nosso tempo; Bgame pode ser definido com apenas duas palavras, ‘HIP HOP Positivo’, que nos apresenta o mundo positivamente através dos olhos de um observador-andarilho, que fala de tudo que vê e sente com a maior positividade possível. Isso é Bgame, isso é Hip Hop Positivo.

Outras realizações:

Organizador do Evento Conexões Hip Hop no SESC – Barra Mansa;

Show no Hutuz Rap Festival 2009;

Jornalista do blog DOC Recordz.

Discografia:

EP ‘Quem Diria’ (2008)

CD ‘Antes do Solo’ (2009)

Mixtapes que participou:

Independente Em Busca da Independência (2009)

DJ Grafiti Mixtape ‘Só Rap Nacional’ (2009)

Mixtape Tabu Tribu Brasil Vol.1 (2009)

MYSPACE (Musicas e Agenda de Shows):
[www.myspace.com/mcbgame]

YOU TUBE (Videos em geral):
[www.youtube.com/bgame2008]

HD VIRTUAL (Musicas para baixar)
[www.bgamemusicas.4shared.com]

TWITTER:
[www.twitter.com/Bgame]

FLICKR (Fotos e Clipping – Material na imprensa):
[www.flickr.com/people/bgamemc]

Festa LUV


O 00 dedica a noite de quarta para o Rap e o Hip hop, com mais uma edição da festa LUV. A produtora Nicole Nandes (foto) comanda o evento, que conta com DJs fixos como o Pachu, que mostra um set de black music, e também convidados que sempre fazem apresentações inusitadas, com improvisos e shows ao vivo.

A ideia é levar DJs e artistas com apresentações ao vivo na cabine, com improviso, acústico ou repertório pré-selecionado.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Mr Break PLAYSON 2






TÔ NA PISTA - ENTREVISTA SAMBA HOP DOG D E MARJAN BOLADO


Comercial da Hip hop office

Video Release - Turma do Bairro

$%mgtd#&

Mr Break PLAYSON

Mr Break fais suceço com Stronda Music cantando ao lado da banda GC Crew...


Diego Alexandre Souza Braga da Silva, ou simplesmente Mr. Break começou a ter contato com a cultura de rua andando de skate. Logo depois, passou a freqüentar o bar Zoeira na Lapa (RJ) e outros points do gênero. Incentivado pelo pai, teve como principais influências: black music, soul music e o jazz. No bairro da Abolição, onde foi criado, o movimento Hip Hop ainda era pouco conhecido. Por isso, quando o rapper, aos 16 anos, passou a dançar break, logo foi apelidado com o nome da dança. Algum tempo depois incorporou o Mister ao nome artístico: Mister Break.

Querendo se expressar de maneira mais incisiva, Mr. Break decidiu deixar o lado b.boy e dar vazão ao lado produtor, compositor e cantor. “É muito mais fácil expressar o pensamento na música que na dança”, avalia Break. O rap brasileiro tem como característica a crítica social. No entanto, Mr Break, que se considera um cara da paz, prefere mostrar o lado alegre, das festas. Segundo ele, as pessoas também precisam de alegria e o rap pode passar isso também. Na questão crítica, Mr.Break procura falar em suas músicas sobre as dificuldades que os MC’s enfrentam para conseguir mostrar o trabalho e até mesmo conseguir produzi-los. Break revela que a madrugada, pela tranqüilidade, é sua companheira nas composições. Outro fato que vale ressaltar é forma de criação: Mr. Break prefere samplear a base antes e depois encaixar as letras.

Já pensando em melhorar o potencial como músico e produtor, Mr. Break ainda está na dúvida se vai se especializar em produção fonográfica ou ingressar na faculdade de cinema. Mas uma coisa é certa. Mostrando criatividade e ousadia e que está antenado em tudo que rola, Mr. Break começa a introduzir o jazz no rap. É o erudito entrando na cultura da rua.

Autor: Mr. Break
FOI DADA A CHANCE DE UMA APROXIMAÇÃO PRA JUNTAR
TODO TALENTO GUARDADO QUE EU TENHO EM MÃOS
MAIS UMA CONDIÇÃO, SEGUIR A ESTRADA
COM TODA A SUA BELEZA E PRA MANTER MUITO BEM FILMADA
SENTIR DO NADA ALGO MAIS QUE A VIBRAÇÃO DE JOGAR,
DE LUTAR , DE CORRE
R , DA COMPETIÇÃO
FAZER DO DOM ALGO MAIS QUE NECESSÁRIO
E MOSTRAR PRA QUEM DESACREDITA QUE E
SSE AQUI É O MEU TRABALHO
EU TO FALANDO QUE ESSE É O GAMELIGA URBANA NA ESTRADA O CHÃO TREME , O CHÃO TREME
MAS AQUI NINGUÉM BALANÇA
NO VÔO DAS ENTERRADAS SÓ SOBE QUEM TEM MAIS CONFIANÇA
NA ESPERANÇA O QUE MAIS QUERES DE MIM
SÓ TO NA PISTA PORQUE EU VOU NESSA ATE O FIM
E TA TRANQUILO FAZER NOSSA TURNÊ
PRA MOSTRAR PRO MEU PAÍS QUE O BOM STREET VEM DA L.U.B.

LUB . BR ESSE É O GAME , O CHÃO TREME , ESTRADA

A VIDA É LOUCA QUANDO PARTE O DESAFIO
DIRETO PELO BRASIL AOS 4 CANTOS PARTINDO DO RIO
SE É UM DESVIO NÃO , NÃO TEM COMPETIÇÃO
É BEM MAIS FÁCIL QUANDO SINTO MEUS PÉS NO CHÃO
FICA GERAL NO BRASIL FAZENDO A COBERTURA
PRA MOSTRAR QUE A HABILIDADE ATRAVESSA A VIDA DURA,
FAZ MO BEM A MINHA CULTURA SEM DESCASO E FRAUDE
O VERDADEIRO STREET SEMPRE PARTIU DO UNDERGROUND
SE TEM FARSANTE SABE QUE O PAPO NÃO É DE RUA
O VERDADEIRO É AQUELE QUE DECOLA E ATE FLUTUA
TIPO NA LUA PRA COMPLETAR NA JAM STYLE
UM POUCO DE VIBRAÇÃO DAQUELA BOA TIPO DE BAILE
OU DE FREESTYLE , É TUDO BLACK CULT NA PAZ
OVELHAS NEGRAS QUE NÃO FOGEM DESSA BRIGA JAMAIS
QUE SEJA DADA A LARGADA, O PRÓXIMO GAME
AQUI É O TERREMOTO MANO , O CHÃO TREME
.

Durante as festas de carnaval em São Paulo, alguns jornalistas conversaram com Mano Brown e ele soltou uma noticia bombástica. Brown, que é um dos rappers mais polêmicos do Brasil e já chegou a fazer turnê pelo Japão espalhando sua ideologia vai fazer parte da trilha sonora de Malhação 2010. Um dos repórteres questionou a Brown se isso não ia contra os princípios dos Racionais Mc’s e ele respondeu:

“Não somos hipócritas. Todos gostamos de dinheiro e isso não vai contra os princípios que sempre passamos em nossas músicas porque não vamos dar apoio ou fazer propaganda de algo. Apenas teremos duas músicas inseridas em Malhação. Nós gostamos de Malhação por ser uma novela que aborda muitos temas relevantes para a juventude e as crianças das nossas comunidades precisam passar mais tempo assistindo tal coisa.”

Turma do Bairro


Provavel Capa da Mixtape que sera lançada em Desenbro de 2010

Bonde da Stronda


A história do Bonde da Stronda começou a algum tempo atrás quando um viadinho escroto conheceu uma pessoas em uma meinha semanal comum para as bixas da espécie. Eles dali em diante se tornariam namoradinhos inseparáveis dois anos de muita viadagem depois eles conhecera mais dois Gays que tinham o mesmo MalGosto musical que eles, assim começaria uma históra de muito mal gosto e viadagem!

Em 24 do 4 de dois mil e 4 eles formaram seu primeiro Bonde (termo Carioca para idiotas sem talento que decidem formar um grupinho e fazer algo que de longe lembra música), o Primeiro Grupo se chamou BDF (Bonde dos fodidos) e não foram tão adiante assim. Os maiores sucessos do BDF foram a "Música" Cocota não faz isso comigo (que conta a história de um gay que é traido por sua amada namorada, que no final revela ser travesti). De fato uma linda "música".


Jay-Z foi apontado como o rapper mais rico do mundo pela revista Forbes. De acordo com a publicação, só no ano passado o músico ganhou 34 milhões de dólares.

Durante o ano de 2006, o namorado de Beyoncé vendeu cerca de dois milhões de cópias de seu 11º álbum de estúdio, o "Kingdom Come".

Jay-Z também fatura com outros negócios fora da música: ele é dono do time de basquete New Jersey Nets e é acionista das empresas Budwiser, General Motors e Hewlett-Packard.

Na lista de Reis do Rap, da revista, o segundo lugar ficou para 50 Cent, que faturou 32 milhões de dólares e vendeu 11 milhões de discos vendidos no ano passado.

Cantor diz que rapper 50 Cent é gay


O cantor assumidamente gay Rufus Wainwright disse à revista Details que acredita que o rapper 50 Cent (foto) seja gay. ”Adoro o 50 Cent. Ele é muito sexy e escreve de forma brilhante. E sei que é gay.”

Wainwright vai além e paquera descaradamente o rapper, que já foi acusado inúmeras vezes de homofobia. “Tem aquela voz fofinha. Está tudo bem, 50 Cent. Esteja à vontade para me ligar quando quiser. O meu namorado e eu somos experts. Pode vir para jantar e talvez comer sobremesa.”

Romeu R3


R3 se envolveu com música aos 12 anos. Em 2009 com 17 foi vencedor do concurso RPB Festival - RJ (Concurso organizado pelo CUFA com apoio da REDE GLOBO) que reuniu mais de cem Grupos e Mc's e o menor ainda invadiu a rádio BEAT98 com seu som "TOPO DO MUNDO" que o colocou em terceiro lugar na edição Nacional do RPB Festival.
Hoje, um dia após completar 18 anos o rapper lança sua nova música "Minha Condição" Produzida por Mr.Break e Golbeat, som que promete bombar nas pistas de todo Brasil.

Todas as quartas ao vivo à partir das 22h comigo mixando as melhores da 'Money N Music'!!!

Aline Dantas mais conhecida como "Nina Black" cantora ,compositora e musicista moradora de Nilopolis atua no meio musical há 12 anos trabalhando com vários segmentos musicais "Nina" foi um apelido dado pelo seu primo na infância na qual hj todos a conhecem por esse apelido e daí surgiu: Nina Black já q Nina é verdadeiramente apaixonada por Black Music e suas vertentes tendo como referências musicais grandes nomes da música negra em geral. Hoje Nina Black tem grande participação no meio Black Carioca,tendo já feito grandes participações com sua performance vocal em eventos importantes. Nina Black está atuante em uma das suas grandes paixões(Black Music) e sempre representando bem a nossa Música Preta Brasileira.

Dj Marjan ( Marjan Rosa ) nascido no mundo musical, antes mesmo de andar já riscava nos toca discos de seu pai, aos 13 anos passo a compor o grupo de rap "poder consciente" aonde pode ter contato com mundo musical independente, aos 15 anos teve a oportunidade de participar do espetáculo musical "geração hip hop", aonde aprimorou seus conhecimentos musicais e artísticos em geral, tendo assim contato com o mundo musical profissional.
Aos 19 conheceu o Di2D ( Diego Davi ) e MC Cachorro ( Kelvin Carvalho ) criando assim a Turma do Bairro, projeto esse que já se apresento em palcos como o do Sesc da Tijuca, Palácio do Hip hop, Asa Branca e muitos outros.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010


O rapper, escritor e cineasta MV Bill lança o seu quarto CD intitulado "Causa e Efeito". O disco foi gravado no Rio de Janeiro e o próprio MV Bill assina a direção artística. O novo álbum contou com a colaboração de diversos produtores do Brasil, entre eles o DJ KLJ dos Racionais MCs, e do exterior, o coletivo alemão Kingstrumentals.

O single lançado no ano passado foi com a música "O Bonde não para" que teve seu videoclipe dirigido e roteirizado por MV Bill. Lançado e premiado na MTV Brasil, foi amplamente exibido no canal e em emissoras regionais. Pioneiro, foi o primeiro videoclipe de Rap Nacional a ocupar o primeiro lugar no MTV OVERDRIVE.

O disco “Causa e Efeito” conta com participações especiais de Chuck D. (líder do grupo de Rap americano Public Enemy) na música "Transformação", que tem arranjos de violinos de DJ Luciano. A faixa "Cidadão Refém" trás a participação de Chorão (Charlie Brown Jr.). Assim como em trabalhos anteriores, MV Bill divide grande parte dos vocais com sua irmã KMILA CDD, e nesta forma inédita, apresenta uma faixa exclusiva com ela nos vocais intitulada "Kmila CDD".

Junto com o disco, chega também ao grande público o vídeo da música "Corrente". O clipe filmado em Porto Alegre, com direção de Gustavo Tissot, é uma parceria entre Chapa Preta (produtora de MV Bill) e Margarida Prod.

domingo, 7 de março de 2010